Aluguel de Carros – Orlando a cidade dos sonhos!

1
301

Orlando é uma cidade de sonhos, com uma infraestrutura construída especialmente para o turismo. Lá você, turista, vai encontrar tudo o que precisa para fazer uma viagem inesquecível: parques, teatros, exposições, restaurantes de todos os tipos, hotéis de todos os tamanhos e gostos, auditórios para palestras, supermercados, farmácias e diversas estradas que cruzam os principais locais, para que o tempo de transporte seja o menor possível. A Miles Car Rental Orlando nos procurou recentemente para dar algumas dicas para os brasileiros que estão indo nesta viagem dos sonhos e querem alugar um carro sem dor de cabeça!
A cidade possui dezenas de atrações: são 7 parques temáticos, 5 aquáticos e diversos parques de diversão espalhados por um raio de quase 20 Km. Isso sem contar com algumas atrações bem bacanas que estão fora da cidade, como  o Busch Gardens, o centro de visitação da NASA e o mais recente Legoland. Estes parques estão situados à 1 hora da DisneyWorld. 
Por isso, alugar um carro em Orlando é sempre a melhor alternativa.
Isto porque, apesar de ser muito rápido chegar de um lugar para o outro em Orlando devido às autoestradas, as distâncias são bem substanciais e você precisa pensar com cuidado como vai se locomover em sua viagem. Os taxis custam bem caro por em Orlando, sendo uma opção que só vale a pena quando você está com muitas pessoas. Por exemplo, da DisneyWorld até o The Florida Mall, não sai por menos de US$ 40 dólares só de ida (tem que dar 20% de gorjeta!!). Já os ônibus públicos são bem difíceis – existem apenas algumas linhas que não cobrem toda a área e nem ao menos entram em todos os parques temáticos. 
Assim, a melhor opção é sem dúvida alugar um carro. São muitos benefícios:
– Chegar e sair dos parques, lojas, shoppings na hora que quiser;
– Não ter que ficar esperando ônibus com crianças no colo após um dia cansativo de parques;
– Ir a shows, jogos da NBA e museus sem depender do taxi;
– Não se preocupar com bagagens no retorno ao aeroporto. (Quantos brasileiros acabam tendo que contratar 2 taxis para voltar ao aeroporto….)
E, seguem algumas dicas importantes para você que vai alugar um carro!
– Os turistas brasileiros podem usar a carteira de motorista do Brasil em Orlando. Ela é válida! Não há necessidade da carteira internacional.
– Para alugar um carro, é obrigatório o seu passaporte, carteira de motorista e cartão de crédito. Sem eles, você não pegará o carro. Mais detalhes dos requisitos para alugar um carro acesse aqui.
– Um GPS é essencial para facilitar sua viagem. Basta colocar o nome da loja e o aparelho encontra o endereço mais próximo, sem problemas ou erros!
– Pré-Pagar um tanque extra de gasolina na hora de alugar um carro é bem conveniente, porque evita dor de cabeça de ter que encher o tanque antes de devolver o carro ou de pagar uma multa cara por devolver o tanque incompleto.
– Crianças até 12 anos devem viajar com assentos infantis. Informe o representante da empresa locadora sobre a idade de seu(s) filho(s) e ele providenciará o assento adequado e informar o valor a ser cobrado pelo serviço de assento infantil. É lei e se a polícia parar o carro vai olhar isto!
– Preste atenção nos seguros oferecidos e quais são obrigatórias. Lembre-se que seu cartão de crédito cobre algumas coberturas, mas não todas. Busque saber com segurança.
– Na hora de escolher o carro, calcule a quantidade de malas que você prevê ter quando retornar e busque um veículo adequado. Não subestime suas compras! Em geral os brasileiros vão com uma mala e voltam com 3!!!
Se vocês tiverem dúvidas ou quiserem mais detalhes sobre locação de veículos em Orlando, entrem em contato com a Miles Car Rental Orlando. O atendimento deles é em português e escolhendo seu veículo eles te explicarão em qual dos seus parceiros (Hertz, Alamo, E-Z rent a car e Miami Auto Rental) deve procurar para retirar o veículo.
Acesse agora a pagina deles e faça sua consulta!
(Matéria Patrocinada)

1 COMMENT

  1. Acabo de retornar de lá.
    Viajei dia 31/01 e retornei 14/02.
    Me arrepiou as filas nos parques.
    Imaginava que estaria "tranquilo", e estava igual a quando fui em dezembro.
    Fui aos parques somente durante a semana, nunca aos finais de semana, e a média de tempo perdido para quem não tinha free pass, era de aprox. 50 min. em cada fila.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here